quinta-feira, 22 de abril de 2010

A Jornada

Bom, é isso aí. Estou eu também entrando em mais essa maravilha da internet! A intenção desse blog é expressar a minha visão da vida da forma mais exposta possível. Meus pensamentos voam muito rápidos e de uma maneira louca muitas vezes. Não sou, nem nunca fui, uma pessoa enquadrada em maneiras comuns de se viver. O que quero dizer com isso é que sempre fui pega por mim mesma em devaneios filosóficos e compreensões não muito comuns do que é a vida. Já me deparei descobrindo coisas imprescindíveis de cara com o espelho, olhando pro céu, pro teto, pro nada. Sempre pensei em seguir caminhos totalmente inusitados e diferentes do que vejo outras pessoas seguindo; pessoas que amo e que são felizes assim. E esse é o ponto: buscar a felicidade pura e nua. E onde ela está? Algumas das minhas opções de resposta são vencidas quando reconheço que cada ser humano é único e maravilhoso. Como posso eu dizer pra você a fórmula da felicidade, quando eu mesma ainda procuro pela minha? E por mais abstrato e louco que isso possa parecer, essa é ela. A busca. O não saber onde ela está. Porque nesse caminho encontramos pessoas, experimentamos gostos, cheiros, o calor do sol, a umidade da chuva, o cansaço do sono, o sabor da comida, o valor do silêncio, o amor da criança, o calor de corpos que se querem, a presença de Deus. Essa última resume todas as outras que dEle vem. Imperfeito, eu sei, mas ainda assim maravilhoso. Imaginem então quando dEle vierem e ainda perfeitos!!!

Nesse momento, agora mesmo, o meu filho Enrico me interrompeu, com uma energia nos olhos que não pude deixar de dar-lhe atenção. Ele queria me contar sobre dois carros, um laranja e um azul que ele viu num jogo, e que corriam através de um escudo pelo universo. Tive que levantar e vê-lo se alegrar ao mostrar pra mim a sua grande descoberta! Simples? Talvez. Mas poder beijá-lo na cabeça, sentir o seu cheiro delicioso, colocar a mão no seu ombrinho de seis anos e voltar pro computador, certa de que ele estava feliz e que atendê-lo e senti-lo me havia feito feliz também, prova a minha teoria de que a jornada é que vale. Cada passo tem a sua importância, a sua magia. Talvez exista o martelado pote no fim do arco-íris, mas prefiro acreditar que hoje o pote sou eu e que o arco-íris das bênçãos de Deus, tão colorido, cai em diferentes tons dentro de mim e que cada cor preenche uma necessidade não preenchida na minha jornada. O pote, eu levo comigo, andando, continuando; às vezes mais rápido, às vezes nem tanto, mas sempre em busca do mais. Do mais intenso, do mais pacífico, do mais tranqüilizante. Se nessa Terra isso existe, eu não sei, mas na busca me aperfeiçôo pro perfeito que virá depois de mim. Aqui pra mim será mais um veículo onde, sem medo, escancaro o meu peito na certeza de que minha experiência é de todas as formas a mais forte influência que posso ter sobre mim mesma e sobre vocês. Vocês é que decidem se a acolherão. Se sim, agradeço pela frestinha na porta do seu coração pra me receber; se não, sigo em frente com a certeza de que pra mim será mais uma forma de me conhecer profundamente; pois ao pensar e escrever, entro de novo em contato comigo mesma, com o universo dentro de mim e com o universo de Deus, que com palavras muito pobres digo o quanto me tem feito crescer ao reconhecer que tudo vem dEle e pra Ele volta como agradecimento e submissão. Por tudo o que tenho e muito mais, agradeço. E por mais esse meio de comunicação com vocês me coloco ao serviço daqueles que me dão a sua atenção. Essa é a jornada. E embarco nela agora mesmo.

12 comentários:

  1. Lindo demais! Que poesia! Cada palavra...

    Deus abençõe vc Alessandra por ser uma benção em nossas vidas!

    Abração forte!!!

    Marcelo Silva - Três Corações MG

    ResponderExcluir
  2. Alê,
    q bom q vc criou este espaço para compartilhar seus pensamentos e ficar mais pertinho ainda de quem gosta muito de vc . Eu tbm não me enquadro nas formulas e padrões, sou um pouco filosofante tbm...Preciso de tão pouco para ser feliz, mas às vezes, o pouco parace ser o muito q preciso, enfim, acredito q a felicidade é o modo como encaramos a vida!!
    bjim

    ResponderExcluir
  3. É, realmente nesta jornada da vida Deus nos deixou o suficiente pra sermos felizes à sua maneira,dentro de tudo que Ele planejou pra cada um de nós está o que chamamos de "livre arbítrio" uma espécie de dádiva.Ale desejo que ao usufruir desta dádiva do Pai,você continue sendo esta pessoa tão humilde e ao mesmo tempo tão transparente,e assim sempre terá não só lugar no nosso coração mas no do Pai,porque com certeza Ele se preocupa com o que vai no teu coração!!bjo!

    ResponderExcluir
  4. Oie q bom vc criar esse blog para divulgar seus pensamentos q Deus abençoe vc e sua famíla bjus

    ResponderExcluir
  5. " Seja bem-vinda ao bloger, suas palavras são inpiradas por aquEle que a tudo de bom inspira"
    Bjos

    ResponderExcluir
  6. Muito bom Alessandra!!
    Feliz Sábado!!!

    Orleans NegrEiros

    ResponderExcluir
  7. PARABÉNS! Suas Palavras são inspiradoras, como sempre foram, pois nos fazem "entender" o quão grande é a infinita sabedoria de nosso Deus, porque so Ele torna valiosa a nossa vida e prova que ainda dar "pra" ser FELIZ em meio a um mundo frio e hostil.
    Que Deus em jesus Cristo Abençoe Você, a sua Família e seu Ministério!

    ResponderExcluir
  8. Ualll blogueira agora, legal compartilhar seus pensamentos na web Alessandra, tb tenho um blog ,mas tá meio paradop, to até com uns textos aqui, mas to precisando repaginar meu blog, gostei do seu texto, enviei umns twitter pra vc e um e-mail, vc recebeu?

    abraços e SUCES$O, saudades da sua risada! rsrs

    Diego Oliveira
    www.diego-oliveira.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. OLá, Ale...

    Sou grato a Deus por ter colocado vc em minha vida... suas musicas e vc pessoalmente ja eram uma inspiração pra mim... agora poder ler seus pensamentos e ideias é muuuito bom... é ótimo ter vc aqui pertinho de nós... Ale... que Papai do céu te traga muitas benção sempre... continue assim, com essa simpatia e humildade de sempre... abraços pro Ariney, pra Isa (não sei se ela lembra de mim) e pro Enrico...

    Ale... estarei sempre com vcs.... sucessooooo

    ResponderExcluir
  10. Não apenas ler mas "sentir cada palavra" deste post me fez refletir,afinal a cada dificudade posso ter certeza que um Deus poderoso está do meu lado!Alê,obrigado por suas sinceras palavras,obrigado por abrir seu coração e nos deleitar com sua simplicidade de ver a vida!!felicidades,com carinho...Niti

    ResponderExcluir
  11. Alessandra Samadello!!
    Realmente me sinto honrado por finalmente poder ter o privilégio de falar com vc "pessoalmente"!
    rsrs

    Bom, antes de mais nada quero elogiá-la pelo blog, que agora que descobri não vou deixar de ler, pois assim como em toda a sua 'carreira', sinto as palavras e a presença do Nosso Deus em vc! ^^

    gostei muito dessa atitude do blog, pois é mais um meio de sabermos quem é e como pensa a "Alessandra". (e acredite, ansiei muito por isso)

    Oro quase todos os dias por você, Ariney, toda a familía e principalmente pelo ministéio que têm. Vocês, de alguma forma, se tornaram parte de mim.


    O que mais me chamou a atenção neste primeiro artigo foi a presença de uma de suas características mais marcantes: a Transparência
    Sei que muitos já usaram essa expressão, mas não posso deixar de ser repetitivo, pois é 'transparente' o que vejo em você!

    Nossa!!! faço minhas as suas palavras:
    "...mas prefiro acreditar que hoje o pote sou eu e que o arco-íris das bênçãos de Deus, tão colorido, cai em diferentes tons dentro de mim e que cada cor preenche uma necessidade não preenchida na minha jornada.
    ...Essa é a jornada. E embarco nela agora mesmo."
    muito lindo!

    Que Deus a abençoe cada vez mais!


    (não sei se tudo soou como eu queria, mas pode ter certeza que foi o mais sincero! =D)

    um grande abraço do seu, digamos, grande fã:
    Thiago Oliveira

    ResponderExcluir